Mobirise

SEO - Search Engine Optimization

Mecânismo de Otimização para Buscas

O Google se esforça continuamente para oferecer um serviço refinado, da mais excelente qualidade. Fazendo jus à sua missão, que é de organizar as informações do mundo e torná-las mundialmente acessíveis e úteis.

Esse buscador, responsável por 90% das buscas efetuadas mundialmente trabalha incessantemente para criar o melhor mecanismo que realize essa tarefa extremamente complexa. O Google utiliza um algoritmo muito bem elaborado para trazer os melhores resultados para seu cliente: o internauta que busca uma informação.

Como é fácil de imaginar, aparecer nas primeiras colocações em uma pesquisa feita pelo Google é ótimo para qualquer empresa ou blog. Afinal, esse é o intuito quando se publica algo na internet: aparecer.  

O benefício de aparecer nas primeiras colocações justifica a busca pelas melhores técnicas. Que aplicadas aumenta consideravelmente a chance de ser encontrado pelo robô que carrega o algoritmo precioso. 

A implementação correta dessas técnicas são essenciais para atrair um bom fluxo de visitantes, através dos mecanismos de busca. 

O conjunto de técnicas que podem ser aplicadas à fim de tornar o site ideal para os buscadores chama-se SEO – Search Engine Optimization (Mecanismos de Otimização nas Buscas). SEO abrange um número bem representativo, cerca de 200 técnicas envolvendo as mais diversas situações que envolvem as informações publicadas em uma página da internet.

Disponibilizamos um material com as mais importantes técnicas para aplicar em uma página, com o objetivo de atingir o topo no Google. São 25 passos importantes para atingir as primeiras posições nas pesquisas. Baixe aqui!!!

Evitar técnicas artificiais de SEO, chamadas Black Hat é fundamental durante a otimização de uma página. A lógica do algoritmo é muito inteligente e quando essas técnicas de trapaça são detectadas, a punição pode ser :

  1. Apenas desconsiderar o algoritmo considerado irregular, sem punição
  2. Punir o site com perda de posições na rank de resultados
  3. Excluir (desindexar) a página de seu índice

Na otimização de sites há duas vertentes: a chamada de White Hat SEO - chapéus brancos que seguem as diretrizes do Google e outros buscadores. A outra vertente é chamada de Black Hat SEO - chapéus pretos, que consistem em utilizar brechas nos algoritmos dos mecanismos de busca a fim de melhorar o posicionamento nas páginas de resultado - SERP, como:

  1. Utilização de textos ou links ocultos.
  2. Utilização de técnicas de cloaking, que é camuflar o conteúdo da página, apresentando URLs ou conteúdos para os mecanismos de pesquisa diferentes do que os apresentados para os usuários
  3. Fazer redirecionamentos não-autorizados.
  4. Carregar páginas com palavra-chave irrelevante
  5. Criação de páginas múltiplas, subdomínios ou domínios com repetição no conteúdo. 
  6. Página de entrada apenas com a função de atrair os mecanismos de buscas. Extremamente perfeita, pensando em SEO, sem conteúdo original.

Definindo em uma única palavra o que se baseia esse conjunto de técnicas, a mais propícia é RELEVÂNCIA. É preciso conquistar a confiança do Google para que ele indique uma página com as classificações devidas em seu ranque.

No algoritmo dos mecanismos de buscas, são considerados fatores como tempo que o domínio está publicado, número de visitantes, o tempo de permanência dessas visitas, se o visitante volta à essa página. Aplicação de palavras chaves, links internos, redirecionando outro ponto da mesma página e externos, direcionando o visitante para outros sites, e quanto melhor e mais conhecidos forem esses sites externos, melhor a qualidade do link.

O Google tem um mecanismo que avalia o conteúdo do site, nessa avaliação é possível descobrir se o texto foi copiado de outro lugar ou se é exclusivo. Quanto mais relevância houver nesse texto, melhor é considerado. E não é nada legal fazer mini textos, com conteúdo raso, o bom é mostrar que, quem está escrevendo entende do assunto tratado. Somente dessa maneira é gerada a confiança entre site – Google – internauta.

As imagens também são importantes para os mecanismos de buscas, mesmo que os algoritmos não reconheçam as figuras. É importante que elas sejam nomeadas de acordo com o que representam, e também o ALT Text é ideal que sejam identificados corretamente.

E como saber se a implantação das melhorias está dando o resultado esperado? Essa parte é a mais fácil, contando com o auxilio de várias ferramentas que calculam as métricas.

Com as ferramentas certas, é possível verificar:

  1. Se os resultados no volume eram os esperado
  2. Se o custo por ação está conforme o projeto
  3. Se o ROI é positivo
  4. O tempo que o usuário permanece conectado no site
  5. De onde vem esse usuário
  6. Se o CTR da campanha está alto
  7. Ajustar as variações para realizar teste A/B
  8. Definir um período para comparações como os resultados da campanha X com campanha Y
  9. Verificar se a campanha gerou leads

Algumas métricas boas para acompanhar o desempenho do SEO são:

TC Taxa de conversão - medida calculando as vendas feitas em relação ao tráfego do site, sua fórmula é:

TC = número de vendas / total de visitas.

TCC Taxa de conversões por cliente - Relativo a fidelidade dos consumidores e a recorrência das compras.

TCC = número de conversões / número de clientes.

TMC Ticket médio por cliente – Métrica que compara o custo de aquisição do cliente, considerando a toda a receita gerada pelos clientes dividindo pela quantidade de clientes.

TMC = receita total gerada / número de clientes.

CAC Custo de aquisição de cliente - Medimos o CAC dividindo o investimento em marketing e vendas pelo número de clientes.

CAC = investimento total em mkt e vendas / número de clientes.

ROMI Retorno sobre investimento em marketing – Para chegar a esse número é preciso dividir a receita gerada no período pelo valor investido em marketing. Dessa forma, se obtem o retorno das ações de aquisição, como Google Ads e Facebook Ads e as estratégias de retenção e branding.

ROMI = receita gerada / investimento em marketing.

Essas funcionalidades de monitoramento garantem a facilidade e maior chance de acertos nas mídias digitais.

Compilação das 25 melhores técnicas para conseguir chegar ao topo do Google

MAPA PARA O SUCESSO